Apple enfrenta Processo Antitrust

Apple enfrenta processo antitrust nos EUA

Departamento de Justiça dos EUA Prepara-se Para Processar a Apple por Violação da Lei Antitrust

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos (DoJ) está a preparar-se para processar a Apple já na próxima quinta-feira, acusando a empresa de violar a lei antitrust, revelou a Bloomberg. Este processo culmina uma investigação iniciada em 2019 que tinha como objetivo analisar as práticas das principais empresas de tecnologia. Antes da Apple, o Departamento de Justiça já havia processado o Google, a Meta e a Amazon.

As Suspeitas em Torno da Apple

Nos últimos anos, representantes da Apple reuniram-se várias vezes com o Departamento de Justiça para discutir diferentes aspetos do seu negócio. Entre os temas investigados, destacam-se:

  • Compatibilidade aprimorada entre o Apple Watch e o iPhone, em comparação com outros smartphones;
  • Práticas de exclusão da concorrência por parte do iMessage;
  • Bloqueio a empresas financeiras de oferecerem serviços semelhantes ao Apple Pay;
  • Suspeita de favorecimento das aplicações e serviços próprios da Apple em detrimento dos desenvolvidos por terceiros;
  • Restrição a aplicações de jogos em nuvem na App Store;
  • Restrição de serviços de localização do ‌‌iPhone‌‌ de dispositivos que competem com a AirTag;
  • Implicações com a transparência do rastreamento de aplicações que impactam a recolha de dados publicitários;
  • Comissões cobradas pela Apple nas compras efetuadas dentro das apps.

Reclamações de Concorrentes e Próximos Passos

Várias empresas, como a Tile, a Beeper, a Basecamp, a Meta, a Spotify e alguns bancos de elevada dimensão, têm participado em discussões com os investigadores antitrust, fazendo ouvir as suas reclamações sobre as práticas da Apple. Segundo a Bloomberg, o Departamento de Justiça acredita que a Apple tem usado práticas ilegais para manter a sua posição dominante no mercado, bloqueando os seus concorrentes.

O impacto global da ação

Ainda é cedo para prever as potenciais consequências desta ação legal para a Apple. No entanto, é inegável que as ações jurídicas tanto na Europa como nos EUA representam desafios significativos para a gigante tecnológica.

A ação legal nos EUA sugere que os reguladores estão a intensificar os seus esforços para garantir a concorrência justa e limitar o alcance das grandes empresas de tecnologia. Para os consumidores, estas ações podem acabar por impulsionar uma maior diversidade de escolha e inovação no mercado dos smartphones.

Feito com IA.
Fonte: Juli Clover 
Revisto por:

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comments
Inline Feedbacks
View all comments

“Aconselho. Muito satisfeito com este fornecedor. Cumpriu com o que estava estabelecido.”

“Rapidez, produto conforme as expetativas e confiança. Recomendo.”

“Excelente resposta – bons preços e rápido envio. Recomendo vivamente.”

“Tudo Top tempo de entrega o estado igual a novo.”

Seleccione um ponto de entrega